Skip to main content
The Safe Hospital Game

The Safe Hospital Game: Administração Segura de Medicamentos como você nunca viu

O “The Safe Hospital Game!” é um “serious game“, que trata da Administração Segura de Medicamentos, dentro do contexto de práticas seguras hospitalares e metas internacionais de segurança do paciente.

The Safe Hospital Game

O jogador faz o papel de um enfermeiro(a), que recebe o pacote de medicamentos da farmácia hospitalar e deve realizar a administração ao paciente.

Para isso, precisará conferir o conteúdo do pacote com a prescrição do paciente, estocar adequadamente medicamentos que não devam ser administrados imediatamente, efetuar a notificação de erros nos casos pertinentes, fornecer as informações adequadas ao paciente e familiares e solicitar, se houver indicação, uma segunda conferência.

E tudo isso realizando a higienização das mãos nos momentos adequados.

Conheça o tutorial do jogo:

Todas as ações realizadas geram feedbacks positivos ou negativos instantaneamente, para que o participante identifique seus acertos e erros. E, além disso, ao final de cada fase é mostrada uma tela de feedback, com todas as decisões tomadas durante a partida, com indicação de acertos e erros. Dessa forma propiciamos uma reflexão do participante, objetivando assim a consolidação do aprendizado.

Para quem é indicado o Safe Hospital Game?

Destina-se a profissionais atuantes, ou que desejem atuar, em hospitais acreditados, ou em processo de acreditação ou ainda em qualquer hospital com ações ou programas de segurança do paciente.

Os conteúdos aplicam-se aos principais modelos de acreditação, como a acreditação canadense (Qmentum HSO), a acreditação americana (JCI) e a acreditação brasileira (ONA).

O propósito do Game

Este jogo foi desenvolvido com o objetivo de capacitar profissionais da saúde, especialmente do corpo de enfermagem, em práticas seguras hospitalares.

As competências desenvolvidas neste jogo são:

1) Locais de estocagem de medicamentos de alto risco;

2) Conferência de informações de identificação do paciente;

3) Notificação de eventos e erros;

4) Segunda conferência para medicamentos de alto risco;

5) Fornecimento de informações ao paciente;

6) Higienização das mãos.

A Supervisão técnica e validação de conteúdo foi realizada pelo IQG Healthservices. O desenvolvimento e produção foi feito pela Redec – Rede de Educação.

Mais informações: www.redec.com.br/safehospitalgame.



Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *